Ventos de Dezembro


Cascais


Estoril


Rabaça


Alegrete


Amadora

Ruas de Viana do Castelo




Março de 2008

Só encontrei estas nos meus arquivos. Tenho mesmo de voltar.

Farolas


Cáceres, Novembro de 2011


Cáceres, Novembro de 2011


Cáceres, Novembro de 2011


Badajoz, Novembro de 2011


Badajoz, Novembro de 2011


Mérida, Março de 2010

PS: Continua a não ser uma colecção. Acho.

Isto não é uma colecção #2


Porto, Outubro de 2010


Porto, Outubro de 2010


Vila Viçosa, Janeiro de 2011


Vila Viçosa, Janeiro de 2011


Marvão, Maio de 2011


Marvão, Maio de 2011


Viseu, Maio de 2011


Viseu, Maio de 2011

Eu sei que parece, mas não é.

Isto não é uma colecção






Estoril, Dezembro de 2011

É só um agrupamento de recorrências.

O Inverno aqui




Lisboa, Dezembro de 2011

Ao alto




Lisboa, Dezembro de 2011

Através


Lisboa, Dezembro de 2011

Outono pictórico


Cabeço de Vide (Fronteira), Novembro de 2011

É azul, era amarelo


Alegrete, Dezembro de 2011


Alegrete, Fevereiro de 2007

Bem me queria parecer que alguma coisa estava diferente.



Doris, Amadeo, Helena & Georges




Doris Salcedo, Plegaria Muda, 2008-2010
Madeira, terra, cimento e erva, dimensões variáveis


Até 22 de Janeiro, no CAM.


Amadeo de Souza-Cardoso, S/ Título (Montanhas), c. 1912
Óleo sobre tela


Na exposição Paisagem na Colecção do CAM. Até 22 de Janeiro, no CAM.


Helena Almeida, Tela Habitada, 1976
Fotografia a p/b sobre papel



Amadeo de Souza-Cardoso, Sem Título (COTY), c. 1916-17
Óleo e colagem sobre tela


Na exposição permanente do CAM, até 29 de Abril.


Georges Braque, Natureza-Morta (Jornal e Limão), 1913
Óleo, grafite e carvão sobre tela, 34,8 x 26,7 cm
Philadelphia Museum of Art (imagem daqui)


Na exposição A Perspectiva das Coisas | A Natureza-Morta na Europa, Séculos XIX-XX (1840-1955). Até 8 de Janeiro, no museu.

No outro sítio do (meu) costume.